Dos mais de 1.100 universitários inscritos na edição de 2017, em mais de 250 equipes, tivemos cinco finalistas e três premiados!

O desafio era construir projetos para a geração de empregos e economia criativa em Guarulhos.

Fique ligado, pois a edição de 2018 do Desafio Universitário vem aí...

Premiação

1º Lugar

R$ 2.000,00 + imersão de 3 dias em São Paulo, com o desenvolvimento de atividades, mini-projetos e conversas com Vetor Brasil, Agenda Pública, Escola de Políticas Públicas, RAPS, CLP (Centro de Liderança Pública) e Datapedia. Em breve, divulgaremos as atividades detalhadas. Os custos de transporte (via terrestre), hospedagem e alimentação serão cobertos pelo Desafio Universitário.

Andrew Seymour Burt (Universidade de São Paulo) - Economia
Gabriela de Oliveira (Universidade de São Paulo) - Direito
Joana Victória de Campos (Universidade de São Paulo) - Direito

A equipe criou o “RecicLab: laboratório de criação e reciclagem”, um laboratório para o desenvolvimento de móveis de design, principalmente mobiliário urbano, através do aproveitamento de materiais reciclados, levando capacitação, geração de renda e fomento ao empreendedorismo a Guarulhos.

2º Lugar

R$ 1.500,00 + exposição do case resolvido.

Gabriel Goichman C. França (Insper) - Engenharia Mecatrônica
Maria Beatriz Cattucci Pimenta (Insper) - Administração
Renan Henrique Frinzi Toenjes (Insper) - Economia

A equipe 2ª colocada no Desafio Universitário 2017 trouxe uma proposta interessante sobre o “Desenvolvimento de Turismo Histórico-Ambiental nos bairros de Água Azul e Cabuçu”. O projeto tem como ponto central o reconhecimento dos territórios como pólos de cultura ambiental e histórica para, dessa forma, propiciar a geração de renda na região.

3º Lugar

R$ 1.000,00 + exposição do case resolvido.

Eliana Lins Morandi (Fundação Getulio Vargas) - Administração Pública e Direito
João Akio Yamaguchi (Fundação Getulio Vargas) - Administração Pública
Natalia Soares Esper (Fundação Getulio Vargas) - Administração Pública
Renata Barão Leal (Fundação Getulio Vargas) - Administração Pública
Rodolfo Oliveira Lorenzo (Fundação Getulio Vargas) - Administração Pública

A equipe 3° colocada propôs o projeto “Rede Guarulhos Criativa”, que consiste na criação de uma rede ativa de empreendedores no município de Guarulhos através de eventos de integração e de uma plataforma online de concursos e interação. O objetivo é transformar o cenário econômico do município através do empreendedorismo criativo. A Rede pretende facilitar a exportação de produtos e serviços criativos guarulhenses e a cooperação internacional para economia criativa.

Acompanhamento e mentoria

Da segunda etapa em diante, todas as equipes serão acompanhadas por um mentor com experiência prática na gestão pública.

Os mentores terão como objetivo oferecer novas visões, olhares e experiências sobre o trabalho do grupo, trazendo provocações que desenvolvem tanto os estudantes quanto os projetos.

As mentorias acontecerão online, e os mentores serão membros da rede de trainees da Vetor Brasil e profissionais da Agenda Pública.

Propriedade intelectual

As soluções propostas por todas as equipes serão licenciadas sob Creative Commons (CC BY-NC, que veta o uso comercial do trabalho). A Escola de Políticas Públicas não terá nenhuma propriedade sobre os trabalhos. Queremos apenas apoiar o trabalho das equipes e aproximar a gestão pública de soluções inovadoras propostas por universitários.

Evento de Encerramento

A Escola de Políticas Públicas premiou no último dia 25 de outubro, 3 das 5  equipes finalistas da 1ª edição do Desafio Universitário de Gestão e Políticas Públicas, que recebeu mais de mil universitários inscritos, em mais de 250 equipes, pensando em como gerar soluções inovadoras e viáveis para ajudar a resolver um problema real enfrentado pela prefeitura de Guarulhos, em São Paulo.

Evento de Premiação

Quem fez e apoiou em 2017

Contato

Tem dúvidas, sugestões e comentários? Manda pra gente!