Educação não precisa ser
hierárquica e engessada

O Open Master é uma estratégia educacional não tradicional que dá grande autonomia aos participantes.

Cada participante desenvolverá um projeto personalizado que servirá como trilha para aprofundar conhecimentos e habilidades em um assunto específico dentro do tema da edição.

O espírito do Open Master é a jornada, não o destino! Será valorizada a prática da aprendizagem através do fazer e do ensinar. O produto final de cada participante retratará o caminho percorrido durante todo o trajeto de aprendizagem, que pode trazer informações tão valiosas quanto o resultado final.

Os pilares do Open Master

Trabalho com parceiros

Você não está sozinho! A colaboração e a união do grupo de participantes são fundamentais para enriquecer o processo de aprendizagem.

Aprender fazendo

Seja você o protagonista da construção do seu próprio conhecimento. É um convite para pôr a mão na massa e trocar experiências!

Acompanhamento

Queremos que você tenha liberdade para aprender, mas também garantir que alcance seus objetivos. Por isso, nossa metodologia é de acompanhamento contínuo.

Edição 2019

No ano passado, o Open Master teve duas turmas simultâneas. O resultado foi tão bom que resolvemos repetir a dobradinha! Neste ano, abordaremos dois temas estratégicos e imprescindíveis para 2019: Qualidade do Serviço Público: personalização e simplificação e Reimaginando a Participação Social. Já imaginou um município em que os cidadãos estejam satisfeitos com os serviços públicos? E uma participação social capaz de construir acordos e agendas comuns? Então venha fazer parte desta experiência inovadora e construir esse caminho conosco! Inscrições até o dia 22/03.

QUALIDADE DO SERVIÇO PÚBLICO: PERSONALIZAÇÃO E SIMPLIFICAÇÃO

Mais informados e exigentes, a bronca dos cidadãos em relação à qualidade de serviços públicos é grande. Novos instrumentos de gestão vieram para facilitar a entrega de serviços relevantes e necessários, que resolvam os problemas do cidadão de forma fácil e acessível. Mas quais são eles? O Código de Defesa do Usuário do Serviço Público (Lei 13.460/2017), o Selo de Desburocratização e Simplificação (Lei 13.726/2018), a legislação sobre Transparência e Combate à Corrupção e a Estratégia de Governança Digital (EGD). No entanto, em tempos de crise econômica, como ampliar a satisfação e a efetividade dos serviços públicos, reduzindo os seus custos?

Nesta formação, propomos uma imersão coletiva para investigar soluções práticas de aprimoramento da qualidade do serviço público. Para isso, teremos uma turma com até 20 participantes, a qual se dividirá entre os seguintes temas, de forma a equacionar desafios concretos locais:

-Qualidade dos serviços prestados por Concessionárias, Consórcios e PPPs
-Implantação do Código de Defesa dos Usuários do Serviço Público
-Transformação Digital (GovTech)
-Inovação dos Modelos de Trabalho: coordenação e cooperação

Em diálogo com os white papers exclusivos, produzidos pelo World Economic Forum deste ano, cada participante desenvolverá, em grupo, uma proposta de solução para um desses desafios. O resultado se transformará em uma publicação coletiva, reunindo um conjunto de práticas exequíveis, que podem ser usadas pela administração pública. Pronto para inovar e escrever a mudança? Nós contamos com você!

QUANDO:
6/04; 13/04; 27/04; 11/05; 25/05
Das 10h às 13h

REIMAGINANDO A PARTICIPAÇÃO SOCIAL

Será que estamos a viver uma crise de participação? As instituições democráticas e o Estado têm conseguido traduzir, adequadamente, as demandas de seus cidadão? Os últimos anos têm sido marcados por grandes manifestações em todo o mundo. Problemas como burocracia, estruturas e representatividades inadequadas ou resultados pouco concretos de participação em espaços formais, têm sido apontados como questões crônicas do desenho institucional brasileiro. Diante de um cenário tão complexo, como podemos aprimorar a participação democrática, e alcançar a construção efetiva de serviços públicos melhores?

Nesta edição do Open Master, queremos você pensando, discutindo e propondo soluções práticas para fortalecer e qualificar a participação social. Para isso, teremos uma turma com até 20 participantes, a qual se dividirá entre os seguintes temas:

-Arquitetura Institucional: modelos e experiências
-Confiança e Engajamento Cidadão
-Inovações na atuação de Movimentos e Organizações da Sociedade Civil
-Tecnologias e Civic Techs

No final, produziremos uma publicação conjunta. Com o apoio de mentores, experiências inspiradoras e de um grupo multidisciplinar, cada participante trabalhará, em grupo, com um desafio prático pré-selecionado dentro das quatro áreas prioritárias. Tudo isso feito em diálogo com os white papers exclusivos, produzidos pelo World Economic Forum deste ano. Vai perder? Eu não perderia se fosse você!

QUANDO:
6/04; 13/04; 27/04; 11/05; 25/05
Das 14h às 17h

VENHA PENSAR EM SOLUÇÕES!

As inscrições do Open Master estão abertas até o dia 22/03. São apenas 20 vagas para cada turma e a participação é gratuita! No dia 29/03, divulgaremos os aprovados. Os encontros serão realizados no SESC Centro de Pesquisa e Formação (Rua Dr. Plínio Barreto, 285, 4º andar, Bela Vista – SP).

VEJA AS FOTOS DA ÚLTIMA EDIÇÃO:

Veja os artigos produzidos pelos participantes da última edição do Open Master:

Edição de 2018

A última edição do Open Master trouxe o tema Soluções para a implantação dos
Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Edição de 2018

A edição de 2018 do Open Master tratou de Qualidade nos Serviços Públicos: o grande desafio brasileiro.

Edição de 2017

A edição 2017 do Open Master trouxe o tema Governo Aberto: Participação e Transparência

Edição de 2016

A edição de 2016 do Open Master tratou de Mecanismos de Coordenação Governamental

Quem faz?

A Agenda Pública é especialista no aprimoramento de serviços públicos. Há 10 anos, trabalhamos para fortalecer capacidades institucionais para uma gestão pública mais moderna, simples, humana  e sustentável. Combinamos os esforços de governos, da iniciativa privada e, claro, da sociedade civil para construir soluções para os grandes problemas públicos brasileiros, aprimorando de forma mensurável a oferta, o acesso e a qualidade dos serviços públicos.

A Escola de Políticas Públicas , braço educacional da Agenda, adota métodos educacionais aplicados na resolução de problemas concretos. Para isso, combina formações técnicas, mentorias e intercâmbios com processos para o desenvolvimento de competências ou habilidades socioemocionais, como mediação de conflitos, comunicação e liderança. Hoje, uma das principais iniciativas da escola é o Open Master, uma jornada colaborativa e “mão na massa” em que os participantes são provocados a criar soluções para grandes desafios do serviço público. Com essa filosofia de aprender fazendo, a EPP já atingiu mais de 30 mil participantes em centenas de municípios.

Perguntas Frequentes

Tem alguma dúvida que não está aqui? Nos avise! [email protected]

Quanto custa?

O Open Master é gratuito para os participantes.

Tem certificação?

Sim, a Escola de Políticas Públicas certificará os participantes que tiverem mais de 70% de aproveitamento na entrega do portfólio.

Como é o processo seletivo?

Queremos formar uma equipe extremamente diversificada e capacitada. Selecionaremos até 20 pessoas para a edição de 2019 do Open Master. Até o dia 29/03, divulgaremos a lista de aprovados no site. Podemos, antes dessa data, entrar em contato por telefone ou email com alguns candidatos para entender melhor aspectos do perfil ou do currículo.

Preciso ter alguma formação específica para participar?

Não. Pessoas com qualquer formação, formal e informal, podem participar. Queremos compor um grupo com alto potencial de geração de mudança e o mais diversificado possível. Entretanto, é preciso que os candidatos tenham interesse e familiaridade com assuntos relacionados à gestão pública.

Quais os critérios de avaliação?

Os participantes serão avaliados continuamente durante o processo. O portfólio final será avaliado pela equipe da EPP após o evento de encerramento, dentro de critérios que serão apresentados para o grupo no primeiro encontro.

Preciso participar dos 5 encontros?

Sim, é importante que todos participem de todos os 5 encontros do Open Master.